O nascimento do bebê real e o marketing de oportunidade

A companhia aérea Irlandesa, especialista em passagens de custo baixo – Ryanair – não cobrou taxas para bebês de pais que reservaram assentos em seus voos, no último dia 23/07. A empresa pegou carona no nascimento do bebê real inglês, filho da Duquesa de Cambridge Kate Middleton e do príncipe Willian da Inglaterra.

“A Ryanair é o príncipe das tarifas baixas e para receber o novo bebê real estamos oferecendo de graça as passagens para bebês em todos os tickets comprados neste dia”, afirmou Robin Kiely, chefe de comunicação da Ryanair.

A estratégia não foi exclusividade da Ryanair, algumas das maiores empresas do mundo também deram as boas vindas ao bebê pelo Twitter.

A Pampers, da Procter & Gamble, fabricante de fraldas, publicou até um vídeo chamado “Todo bebê é um pequeno príncipe ou princesa”, onde mostra uma diversidade de crianças recém nascidas, em termos de tamanhos e características.

A Coca-Cola usou o acontecimento para expandir sua campanha “Share a Coke” (compartilhe uma coca), ao publicar a imagem de duas garrafas do refrigerante com os nomes dos pais “Wills” e “Kate” em seu rótulo.

OREO, marca de bolachas da Kraft, que tradicionalmente usa as redes sociais para promover seus produtos e se relacionar com seus consumidores, postou uma imagem de uma mamadeira com os dizeres: “preparem o serviço real de mamadeira.”

O sorvete Magnum, da Unilever, que tem raízes britânicas, se preocupou em criar uma peça fazendo alusão à realeza, que remete ao produto exato que estão vendendo e divulgando.

Já a Johnson & Johnson produziu a imagem de um bebê, com espuma de seu shampoo em forma de uma coroa real.

Esta entrada foi publicada em Redes Sociais, Saiu na Mídia e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>