As oportunidades e as responsabilidades do Marketing Esportivo

A Copa do Mundo é daqui a 2 anos, as Olímpiadas daqui a 4. Ambos os eventos acontecerão no Brasil e, como não poderia deixar de ser, diversas marcas já estão buscando associar seus nomes ao universo do esporte.

Na TV fica fácil perceber. Atletas como Ronaldinho (“Fenômeno) e Neymar volta e meia aparecem anunciando algum produto ou serviço. Tudo bem, o momento é propício e o esforço é válido. No entanto, a discussão que tem sido levantada em volta do boom do Marketing Esportivo faz um questionamento sobre o real comprometimento das empresas (anunciantes ou patrocinadores) com esse tipo de estratégia, mesmo depois que os megaeventos passarem.

Agora boa parte delas está procurando uma brecha para ligar seu nome ao esporte. Mas e quando a agitação do momento for embora, essa imagem que foi trabalhada será descontruída, esquecida?

É preciso ponderar e pensar estrategicamente não só em médio, mas também em longo prazo. Uma ação feita na “empolgação” pode ser percebida como oportunismo e gerar efeitos contrários daqueles que foram idealizados. A ativação de um conceito, atributo ou life style para uma marca tem de ser muito bem planejada, desenvolvida e gerida ao longo do tempo, pois caso contrário os resultados podem ser pífios ou realmente prejudiciais.

Principalmente no caso do patrocínio é preciso entender que existe um envolvimento e uma responsabilidade a mais que devem ser assumidos como um apoio sólido, constante e duradouro a equipes e times. Há aí muita paixão em jogo, tanto dos atletas quanto das torcidas e isso não pode ser tratado de forma efêmera ou leviana.

Isso é válido não somente para as grandes empresas que agora estão investindo em Marketing Esportivo motivadas pela Copa e pelas Olimpíadas. As pequenas e médias também devem estar atentas a essas questões. Ainda que seja em proporção menor, há excelentes oportunidades que nascem a partir da contagiante energia dos esportes e que elas também podem aproveitar.

De qualquer forma, é preciso ter paciência, ser perspicaz e assumir uma postura persistente frente ao branding que será construído.

Quer saber?

Entre em contato com a ABC Consultores e saiba como podemos ajudar a sua empresa a se posicionar com relação ao Marketing Esportivo ou a outras soluções que nossa Consultoria em Marketing pode oferecer a partir da compreensão das suas necessidades.

Esta entrada foi publicada em Dicas e Tendências e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>