Consumidor se revela ainda menos otimista pelo índice de confiança ICC relativo a julho

Com relação à maio o Índice de Confiança do Consumidor - ICC de junho já havia recuado de 2,8%. Contudo, pela atual pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas – FGV foi revelado que mais uma vez as expectativas dos consumidores para com a economia brasileira estão abaladas.

Pelo terceiro mês consecutivo houve uma queda no índice, dessa vez de 1,5% em julho ante o mês anterior. Com isso o indicador passou de 123,5 para 121,6 pontos.

A parcela referente à avaliação sobre a situação atual foi a mais baixa desde outubro de 2011. Caindo 2,7%, ela saiu de 139,1 pontos em junho para 135,4 pontos em julho. Já o Índice de Expectativas retrocedeu 1,9%, de 114,9 pontos para 112,7 pontos no período, os menores desde março quando havia marcado 112,2 pontos.

Mas não para por aí. O indicador que mede a satisfação com a situação econômica local no momento também sofreu redução, e pelo terceiro mês consecutivo. Dentre os quesitos que compõem o ICC, este foi o que mais contribuiu para a queda geral em julho ao registrar 104,6 pontos ante os 110,0 pontos de junho, arrefecimento de 4,9%.

A proporção de consumidores que julgaram a situação atual como boa diminuiu de 27,7 para 25,2%, e a dos que a consideraram ruim aumentou de 17,7 para 20,6%. Além disso, o indicador sobre a situação econômica local nos meses seguintes também recuou, saindo de 117,1 para 114,3 pontos, uma redução de 2,4%.

De acordo com esta matéria publicada no site Reuters Brasil, para Viviane Seda, economista da FGV:

“O consumidor está mais preocupado com o desempenho da economia que com a sua própria situação financeira. O mercado de trabalho, que vinha sustentando o humor do consumidor, apresentou mais dificuldade para contratar nos últimos meses e o consumidor percebeu isso, e revisou seu otimismo em relação à situação econômica”.

Ainda segundo a profissional:

“A velocidade de recuperação do consumo depende do mercado de trabalho, que está atrelado à economia. Além disso, o consumidor está endividado e com medo do que vai acontecer com os rumos da economia”.

Sobretudo neste momento é fundamental pesquisar o mercado e buscar identificar desejos, receios e expectativas de seu público-alvo. Preparar ações que conquistem seu interesse dependerão principalmente de ofertas personalizadas às suas atuais necessidades e condições.

Por isso, conte com a Consultoria em Marketing da ABC Consultores: Soluções planejadas e articuladas para gerar bons resultados a partir de uma postura e atuação sustentáveis. Entre em contato conosco e saiba mais!

Esta entrada foi publicada em Mercado e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>