Pôneis malditos voltam a protagonizar agressiva estratégia de Marketing da Nissan

Quem não se lembra dos saltitantes e cantarolantes poneizinhos da Nissan? Pois é, aqueles “malditos” animaizinhos voltaram com suas multicores e seu jingle pegajoso para divulgar os produtos da marca automobilística. Gostem ou não, a estratégia tem conseguido a “viralização” e a repercussão desejada.

Lançado em 24 de fevereiro, o comercial com a segunda parte de “Pôneis Malditos” divulga a chegada da linha 2013 da Frontier, cuja maior novidade é o motor 2.5 turbodiesel, que gera 190 cv nas versões com tração 4×4.

Com o mote “escolha uma picape com cavalos de verdade”, o filme, embalado pela “Cavalgada das Valquírias”, ganhou duas versões (como da outra vez): uma de 30 segundos para TV e outra com uma parte a mais para a internet, na qual o expectador é avisado para “não clicar” no botão que é exibido. Ao final, ele é direcionado para um aplicativo no Facebook da Nissan, que gera “memes” na página dos amigos selecionados na rede social.

Melhor do que falar, vamos conferir:

De acordo com Manir Fadel, vice-presidente de criação da Lew’Lara\TBWA, agência de Publicidade que atende à Nissan, “os Pôneis Malditos foram o grande sucesso de 2011. E, como todo sucesso, merecem continuação: Pôneis Malditos 2”.

Mas é claro que a razão para a volta dos bichinhos não é só essa. A primeira campanha a usá-los como “garotos-propaganda” foi lançada em julho do ano passado e, como aponta a Nissan, ela foi uma das mais comentadas em blogs e redes sociais desde a metade do ano passado, quando começou a investir em uma agressiva estratégia de Marketing.

Além disso, a motivação para a segunda parte do comercial se traduz em resultados de negócios. No ano passado, ao fim do mês de agosto, foi identificado um recorde nas vendas da picape Frontier no Brasil com a comercialização de 5.375 unidades, 81% a mais que o mesmo período de 2010.

A estratégia adotada neste ano já estava preparando o público para o retorno das personagens. Durante o período de carnaval foram disponibilizadas versões do jingle em ritmos de samba, marchinha, axé e frevo. Muito criativo, né?

O case mostra que vale à pena investir em ações ousadas, que fogem do padrão e exploram seu potencial viral para gerar comentários, envolver o público e se destacar da concorrência. Mas, como destaca Adriana Bastos:

““De um lado vemos a ousadia, os resultados e a repetição de um modelo que deu certo para a Nissan; de outro, devemos estar atentos aos riscos de uma comunicação agressiva e aos cuidados que uma empresa deve ter para se comunicar com seu mercado com assertividade. Para tanto, conhecer seu público, suas necessidades e expectativas é fundamental”.”.

- Leia também o post “Adriana Bastos fala sobre ações de comunicação ousadas para a revista Varejo & Oportunidades”.

Outra lição que pode ser tirada é que, cada vez mais, se torna necessário pensar na integração entre mídias offline e online. Sim, pode ser um desafio, mas sua empresa não deve ficar para trás! Além disso, você pode contar com a consultoria em Marketing da ABC Consultores para direcionar o seu planejamento e a sua atuação em curto, médio e longo prazos.

Quer acertar de vez?

Então não perca tempo, entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar!

_____________________________________

A ABC Consultores é uma Consultoria em Marketing com visão inovadora, que trabalha todos os pontos da empresa, desde a estruturação do próprio negócio, passando pela formação de equipes, até o direcionamento das ações de comunicação com o mercado.

Atendemos a cidade de Bauru e região tendo como o maior objetivo proporcionar resultados de negócios sólidos e eficazes para os nossos clientes. Entre em contato conosco AQUI e saiba como podemos te ajudar!

Esta entrada foi publicada em Marca, Saiu na Mídia e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>